Recursos | Resources

Recursos de investigação, ensino e aprendizagem para investigadores, estudantes e outros públicos.

Research, teaching and learning resources for researchers, students, and other publics.

Placar
Board

Mensagens e classificações sobre as unidades curriculares que lecciono. Em português.

Messages about the courses I teach. In Portuguese.

2017-10-18 - Aviso à população [MME]
Acabo de colocar o seguinte aviso na plataforma eletrónica de ensino da Universidade do Minho. Fica também aqui registado:

Bom dia.

Atendendo a que fui ontem questionado por um colega da turma qual a minha apreciação sobre o debate havido na passada semana sobre o Caso 1, gostaria de informar que registei há dias a minha apreciação no Placar da unidade curricular, disponível na ligação http://www.eiriz.org/p/resources.html . Em síntese, foi um debate que avalio positivamente. Foi organizado, teve ritmo, participação e conteúdo. Na informação mencionada, teci outras considerações sobre os debates e apresentações a que, aliás, me voltei a referir ontem em aula.

Atendendo à chegada tardia de alguns estudantes brasileiros por dificuldades na obtenção de vistos, reitero a seguinte informação que também transmiti ontem em aula, e peço a seguinte acção:

1 - Neste momento bastante adiantado do semestre não é de todo desejável aumentar o número de equipas de trabalho. Mesmo considerando que existem estudantes inscritos na unidade curricular que nunca compareceram em aula nem cumpriram com qualquer dos requisitos exigidos na unidade curricular, em função da avaliação que faço no dia de hoje, iremos manter o número de equipas.

2 - Em confirmado com o ponto anterior, a dimensão das equipas poderá atingir o número de sete pessoas. Desejavelmente, cada equipa existente poderá incorporar mais colegas até atingir sete pessoas. Recordo que, em benefício de todos, é desejável termos equipas mistas entre estudantes portugueses e estrangeiros.

3 - Apesar de eu ter informação bastante detalhada da constituição de cada equipa; apesar de eu ter alguma informação da recomposição em curso em algumas equipas; atendendo precisamente a essa recomposição (não só com a entrada de estudantes estrangeiros mas, ao que parece, pelo que me apercebi casualmente na aula de ontem, também com a saída de estudantes do mestrado), solicito a cada equipa que formalize a escolha de um colega para seu representante. Ao representante de cada equipa peço que, sem falta, no dia 30 de Outubro me envie uma mensagem por e-mail (veiriz@eeg.uminho.pt) indicando o número da sua equipa, e o número mecanográfico e nome completo dos membros da sua equipa, informando-me explicita e detalhadamente das entradas/saídas de membros da equipa. Escusado será lembrar que a constituição das equipas não é um mero processo inconsequente de agrupamento de pessoas. Cada equipa deve ter aderência à realidade em termos de empenho e envolvimento de todos os seus membros na preparação dos debates, apresentações e relatório dos casos práticos. Cabe a cada equipa criar os seus próprios mecanismos de comunicação, organização e responsabilidade. Lembro igualmente o que consta de forma explicita no programa da unidade curricular, no qual se alerta que o relatório a entregar por cada equipa sobre os casos práticos deve ser «assinado somente pelos estudantes envolvidos na sua elaboração».

Quaisquer dúvidas que esta mensagem suscite ou outros esclarecimentos que alguém necessite devem ser-me colocadas em aula. Para assuntos mais específicos e particulares que algum estudante queira abordar comigo, recordo também que possuo horário de atendimento pessoal e presencial no meu gabinete. O horário de atendimento durante o período letivo é à terça-feira às 16:00 horas. Atendendo, contudo, a que por hábito os estudantes não recorrem a atendimento, solicito que, no caso de alguém desejar recorrer a esse atendimento, me envie uns dias antes um e-mail a informar que irá recorrer a esse horário, indicando, se possível, o assunto a abordar.

Continuação de bom trabalho,
Vasco Eiriz



2017-10-12 - Debate do caso sobre a Zara [MME]
Não tendo havido tempo para tecer qualquer comentário no final do debate do caso 1 havido na última aula, aqui vai ele. Foi um bom debate em que destaco positivamente o seguinte:
1 - A capacidade havida em que os tópicos em discussão fossem enquadrados por conteúdos programáticos anteriormente lecionados na unidade curricular. Obviamente isto deveu-se, em primeiro lugar, às opções da equipa que conduziu a discussão. A equipa teve o cuidado de fazer esses enquadramentos, algo que assinalo positivamente. Na verdade, é isto que distingue uma conversa de café sobre trapos de um debate sobre a estratégia empresarial do maior retalhista mundial de vestuário. Isto foi positivo e é inequivocamente necessário.
2 - A discussão civilizada que se verificou, havendo a registar a intervenção de membros de todas as equipas e, no caso de algumas equipas, de mais do que um membro. No primeiro debate, houve um ritmo e um registo adequados.
A apreciação positiva deste debate, não invalida, contudo, sugestões de melhoria que deixo também aqui registadas:
3 - No que respeita aos enquadramentos mencionados, provavelmente todas as opções possíveis que as equipas tomem são válidas. Neste aspeto, para futuro (tanto nos debates como nas apresentações), sugere-se que não seja excluída a possibilidade de fazer algum enquadramento mais original envolvendo mesmo conteúdos do programa que não tenham sido ainda lecionados mas que inevitavelmente também nos ocuparão nas próximas aulas. Nos casos, esses conteúdos podem também ser usados com antecedência.
4 - Em relação ao âmbito de participação das equipas e pessoas, as intervenções podem alargar-se a um maior número de pessoas. É habitual que a intervenção em cada equipa fique por vezes restrita a uma ou duas pessoas porque estas prepararam melhor o debate ou porque são pessoas mais desinibidas e interventivas. Se por um lado isto se compreende, por outro lado é desejável que os mais calados façam um esforço de intervenção sob pena de ficar a ideia, por vezes injusta, de que não preparam o caso, o que pode até ser verdade no caso de outros estudantes.
Recordo finalmente uma nota já mencionada em aula, agora sobre as apresentações que aí vêm, a começar na próxima aula. Esperam-se apresentações também elas originais, mas dos casos não da teoria. Nas apresentações, cabe a cada equipa decidir se vai fazer uso ou não das ideias discutidas no debate, mas é importante que haja originalidade. Por maioria de razão, essa originalidade é obrigatória sempre que um caso seja objeto duma segunda apresentação, a qual deve de fato evitar a repetição de algo que já se ouviu de outra equipa.

2017-10-10 - Projeto IKEA: arrumar não custa [LG]
Depois de, na última aula, ter comentado que me parece haver uma excessiva dependência dos sítios da IKEA na internet e fontes oficiais da empresa para realizar o Projeto IKEA, ocorreu-me agregar na seguinte ligação alguns "recortes de imprensa" e outras fontes na internet sobre a empresa que, tanto quanto possível, vão para além da comunicação oficial da própria empresa: LIGAÇÃO. Nesta ligação pretendo reunir fontes também elas da internet mas que acrescentem informação adicional, sustentada e critica sobre a IKEA, para além das fontes mais convencionais da empresa, também elas importantes mas não suficientes. Na sua primeira construção, a lista resultou duma pesquisa muito breve, feita em poucos minutos no Financial Times e pouco mais. Como tal, nesta data ela é ainda bastante incompleta e limitada, estando em processo de construção. Brevemente, solicitarei a cada equipa que forneça ligações de valor de outras fontes (as identificadas em aula podem ser um ponto de partida para pesquisa) para enriquecer esta lista. O objetivo desta recolha é maximizar a quantidade de informação com valor que possa ser analisada e, naquilo que seja relevante para o Projeto IKEA, que possa também ser incorporada no relatório final de cada equipa. De entre aquilo que distinguirá os relatórios entre si será provavelmente mais o uso informado, enquadrado e crítico que cada equipa faça da informação do que propriamente o acumular de dados e informação desenquadrada no projeto e sem valor.

Unidades Curriculares, 2017-2018, 1.º semestre
  • Programa de Estratégia Empresarial, Mestrado em Marketing e Estratégia: [PDF, palavra-passe fornecida em aula], por favor, imprima em papel e traga para aula.
  • Programa de Gestão Estratégica, Licenciatura em Gestão: [PDF, palavra-passe fornecida em aula], por favor, imprima em papel e traga para aula.
  • Projeto IKEA, Gestão Estratégica, Licenciatura em Gestão: [PDF, palavra-passe fornecida em aula], por favor, imprima em papel e traga para aula.
  • Ficha de identificação do estudante: [PDF], ficha a preencher em papel por cada estudante para entrega de acordo com os procedimentos descritos no programa.
Artigos
Articles

Alguns dos meus artigos de investigação podem ser obtidos gratuitamente em ResearchGate.

Some of my research articles may be downloaded from ResearchGate.

Estante
Estante

Estante, uma selecção pessoal de livros de ensino e investigação em gestão estratégica, empreendedorismo e marketing.

Estante, a personal selection of books for learning and research in strategic management, entrepreneurship, and marketing.

Questões de estudo
Study questions

Para os interessados em gestão estratégica, estratégia empresarial e afins, e para os estudantes destas disciplinas, recomendo questões sobre estratégia.

For those interested in strategic management, corporate strategy and similar, and for the students of these courses, I recommend study questions on strategy.

Orientação de estudantes
Supervision of students

Lista de teses de doutoramento, dissertações de mestrado, e relatórios de projeto/estágio de licenciatura pré-Bolonha (licenciatura de cinco anos) que orientei com sucesso. Esta lista ajuda a identificar áreas e tópicos de pesquisa da minha agenda de investigação.
[PDF]

Pode usar esta ligação para identificar pistas para projetos de investigação. Nesta outra ligação encontra um uma selecção de Tweets que levantam questões de pesquisa nos domínios da estratégia, empreendedorismo e marketing.

List of PhD theses, master dissertations, and reports of internships/projects that I have successfully supervised. This list helps to identify areas and topics of my research agenda.
[PDF]

You may use this link to identify ideas for research projects. In this link, you can find a selection of Tweets that raise research questions in the domain of strategy, entrepreneurship and marketing.

Análise Estratégica de um Sector
Strategic Analysis of an Industry

Eiriz, Vasco; Barbosa, Natália (2014), Análise Estratégica de um Sector, Universidade do Minho, Braga.

Eiriz, Vasco; Barbosa, Natália (2014), Strategic Analysis of an Industry, University of Minho, Braga.

Este documento tem como objectivo principal servir de guia de apoio à análise de um qualquer sector de atividade. Foi preparado para ser utilizado por estudantes, tanto de graduação como de pós-graduação, gestores, economistas e demais interessados no tema.

These guidelines were conceived as a pathway to the analysis of any industry. They are addressed to undergraduate and postgraduate students, managers, economists and anyone interested in the topic.

[PDF]

Dissertação de Mestrado - Guia de Apoio à Preparação da Proposta de Dissertação

Eiriz, Vasco (2013). Dissertação de Mestrado - Guia de Apoio à Preparação da Proposta de Dissertação. Universidade do Minho (fevereiro), 2.ª edição, Braga.

Sugestões válidas para todos os investigadores de pós-graduação - mestrado ou doutoramento - que estão na fase inicial de equacionar um tema/tópico de investigação e formalizá-lo em termos de um projecto de investigação.

[PDF]

Última actualização: 18-10-2017
Last update: 09-10-2017

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.