2007-06-15

Referenciação pelas ruas da amargura

"Um estudo estatístico revelador flagrou os cientistas numa atitude de repórteres desleixados. Quando escrevem seus trabalhos e citam artigos de outros pesquisadores, a maioria deles não se preocupa em ler os originais. A descoberta foi feita por Mikhail Simkin e Vwani Roychowdhury, da Universidade da Califórnia em Los Angeles, que estudam a maneira como a informação se espalha ao longo de diferentes tipos de rede. Eles perceberam, numa base de dados de citações, que erros nas referências (como no título de um artigo alheio, por exemplo) são bastante comuns e que vários desses erros são idênticos. Isso sugere que muitos cientistas simplesmente economizam tempo, copiando a referência de um artigo de outrem em vez de ler o original."

Folha Online

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.