2007-12-13

Distribuição de Dividendos
Por Vasco Eiriz

Um enorme progresso
Com data de 4 de Dezembro, a Lusa informa: «O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior destacou hoje o "enorme progresso" registado em Portugal na relação universidades/empresas, mas salientou que, apesar de estarem criadas as condições para uma efectiva cooperação, os resultados não são imediatos». Dito assim, as declarações do ministro merecem dois registos: i) Gago avalia os progressos, não pelos resultados, mas por outros indicadores que ninguém ficou a conhecer, daí que seja importante que torne públicos os factos em que se baseia para atingir a sua conclusão; ii) não o fazendo, fica uma dúvida; será que Gago se baseia nos subsídios e financiamentos que atribui – nuns casos de forma generosa e arbitrária a universidades americanas –, como se isto fosse sinónimo de "enorme progresso"?

Sinais
Se dúvidas existissem sobre a correcção da decisão de Marques Mendes excluir Isaltino das listas do PSD de candidatos na últimas autárquicas, talvez agora - passados que são dois anos, semana em que foi tornada pública a acusação ao presidente da câmara de Oeiras - se concorde com aquela decisão. É certo que os mais puristas dirão que o homem não foi ainda condenado e até venceu as eleições, mantendo o lugar. Terão até alguma razão formal, não substancial. Por isso, talvez fosse útil que os estados-gerais dos partidos, incluindo o PSD, PS, CDS-PP e os mais auto-proclamados imaculados PCP e BE, fossem mais consequentes a perceber os sinais. A revisão da lei eleitoral para as autarquias - ao que parece em altas e secretas negociações entre PS e PSD - é já uma boa oportunidade. É aproveitar a ocasião.

Um pastel e um tratado?
Esta madrugada, os fornos dos pastéis de Belém devem ter trabalhado mais do que o normal. Se tudo correr dentro das expectativas, a estas horas o negócio deve estar a correr às mil maravilhas. Com canetas de prata, pompa e circunstância, espera-se que o tratado seja um bom pronúncio para o futuro da Europa e não se torne num grande pastel. A ver vamos.

Estroinas
Este blogue já tinha reparado: os deputados na assembleia municipal de Lisboa parecem umas baratas tontas. Vão agora rectificar uma votação ilegal que vale 400 milhões. E queixava-se-me um vizinho que na assembleia de freguesia da minha terra só há estroinas. «É ir à capital, meu amigo!»

Distribuição de Dividendos, uma coluna com estatutos desblindados que não necessita de autorização da assembleia geral para distribuir dividendos e garante OPAs céleres.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.