2008-01-17

Distribuição de Dividendos
Por Vasco Eiriz

Apego ao poder
Há hoje em dia da parte de alguns altos responsáveis um tal apego a lugares que se torna chocante a falta de vergonha que essas pessoas exibem publicamente, nalguns casos com laivos de arrogância. São casos em que os acontecimentos mostraram não existir qualquer dignidade das pessoas em causa para continuarem a ocupar as suas funções. E, portanto, o único que justifica a sua manutenção é uma elevada dose de falta de vergonha, oportunismo e sabe-se lá mais o quê. Os casos mais gritantes são os do ministro das obras públicas, governador do banco de Portugal e do homem da ASAE. Depois dos acontecimentos em que se viram envolvidos, se vivêssemos num país que cultivasse a mínima higiene no exercício de funções desta natureza, os próprios teriam já saído pelo seu próprio pé. Não o tendo feito, ficaram sem condições para exercer as suas funções. E, com isto, passam a ser os seus próprios superiores hierárquicos ou quem os escolhe que fica também em causa.

Encerramento de prisões
O país anda deveras estranho. Tão estranho que os reclusos, seus familiares e advogados querem condicionar o Governo no encerramento de algumas prisões. Ao que parece, porque lhes causa transtorno mudar de poiso! Ou seja, querem escolher o local da estadia. E que tal se o Governo abrisse uma central de reservas para que os presos possam exercer a sua escolha de forma plena e … livremente? Uns poderão querer passar o Verão na costa algarvia ou o Inverno na serra. Se aí não existem prisões, então que se construam. Estamos numa sociedade democrática ou não?

Viva o Gil
Já cá faltava um caso do tipo Mateus para animar o futebol. Precisamente, quando no campeonato de futebol tudo começava a ficar demasiado insosso, eis novamente uma daquelas polémicas em que o futebol português é muito pródigo. O caso Meyong é pois mais um daqueles acontecimentos que vem mostrar a forma como os clubes são geridos e como funcionam as federações, ligas e outros interesses. Sem qualquer ponta de ironia: viva o Gil Vicente! Ah, já agora, saberá o leitor que o Vitória de Guimarães tem um jogador chamado … Mrdakovic? Ora experimente dizer o seu nome bem alto.

Distribuição de Dividendos, uma coluna com estatutos desblindados que não necessita de autorização da assembleia geral para distribuir dividendos e garante OPAs céleres.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.