2008-01-24

PRECzinho

Vale a pena ler o artigo que J. Cadima Ribeiro, autor da Universidade Alternativa, colocou hoje no ar. Vale a pena ler não porque me tenha citado (não, não possuimos acordo de citação reciproca) mas porque, referindo-se a vários "percalços" que começam a ser evidentes na "reforma do ensino superior", questiona se o essencial do que se está a passar não passa duma mera "aparência de que alguma coisa está a mudar para que tudo fique na mesma". Obviamente, esta suspeita baseia-se em factos que J. Cadima Ribeiro aponta e estão à vista de todos, mas outros se poderiam acrescentar, nomeadamente os resultados decepcionantes duma outra reforma majestosa, a de Bolonha, ou, sem pretender dar muitos exemplos, a ausência de qualquer medida consequente de reformulação da rede de instituições de ensino superior. Embora subsista em todos nós uma réstia de esperança sobre as novidades que possam surgir nas próximas semanas e meses, o certo é que a experiência aconselha a não elevar as expectativas.

Mais, eu colocaria a mesma prudência na leitura sobre muitas outras "reformas em curso", neste e noutros sectores. De facto, o Governo - em últimas instâncias o principal responsável por esta ilusão da mudança - corre sérios riscos de ficar na história como aquele que evidencia uma maior diferença entre o discurso reformista e os resultados das reformas que apregoa. E, claro, não devemos menosprezar o risco nada displicente de que muitas coisas mudem para pior. Mas, claro, isso são leituras subjectivas.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.