2008-02-18

The Demography of Corporations and Industries
Glenn R. Carroll; Michael T. Hannan
Princeton University Press, 2004



Este livro trata da demografia de empresas e indústrias. A demografia é, de acordo com o dicionário, a “ciência que estuda a estatística das populações humanas”. Para Carroll e Hannan, as sociedades são basicamente constituídas por “pessoas naturais” e organizações. Constatam que a demografia se iniciou em meados do Século XVII com as pesquisas de John Graunt sobre as taxas de mortalidade em Londres. Com o tempo, a demografia tornou-se uma ciência com contributos relevantes mas, estranhamente, nunca se debruçou de forma contínua e sistemática sobre as populações organizacionais, entidade também relevante para compreender a dinâmica e estrutura da sociedade. Este é o ponto de partida dos autores. Pretendem, desta forma, aplicar as bases, princípios e modelos da demografia às populações de organizações. E o que são organizações? Para Carroll e Hannan interessa estudar as populações de empresas e sectores de actividade económica. É isto que permite compreender a estrutura e sobretudo a dinâmica dessas populações em termos da sua fundação, crescimento, declínio, transformação e mortalidade. Ora, para que não haja confusões, os autores tratam de distinguir a demografia organizacional da ecologia organizacional. Imagina-se que seja uma clarificação de partida importante, desde logo porque Hannan é co-autor, em conjunto com Freeman, de Organizational Ecology, obra que sedimenta uma importante área de estudo no domínio dos estudos sobre a organização. A distinção entre demografia e ecologia é feita com base nos diferentes níveis de análise de cada uma delas. Isto é, enquanto a demografia se aplica a populações organizacionais, a ecologia refere-se aos processos de interacção entre populações de um determinado sistema ou, para ser mais rigoroso, de um determinado ecosistema organizacional. Nesta tentativa de distinguir fronteiras disciplinares, Carroll e Hannam não conseguem de todo afirmar campos distintos de pesquisa e construção teórica de forma tão afirmada como a demografia e ecologia nas suas vertentes tradicionais. Mas, evidentemente, isso não retira o manifesto interesse do livro.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.