2008-03-04

Connectis

Sustentabilidade empresarial
Por Vanda Lima

Com a contínua e crescente pressão social, as práticas empresariais responsáveis têm-se afirmado como um imperativo cívico irreversível e, por esta razão, encontram-se cada vez mais presentes nas estratégias de qualquer organização. É neste contexto que surge o conceito de sustentabilidade empresarial entendido como o desenvolvimento de práticas e processos suportados nas áreas de responsabilidade social, recursos humanos, ambiente e modelos de governance.

O conceito de sustentabilidade empresarial tem os seus fundamentos num outro conceito, já mais consolidado, que é o Desenvolvimento Sustentável. Em 1987, a World Comission on Enviroment and Development, no seu Relatório Brundtland definiu Desenvolvimento Sustentável como “desenvolvimento que vai ao encontro das necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de gerações vindouras satisfazerem as suas necessidades”. O Desenvolvimento Sustentável pressupõe assim que cada organização, na busca pelo seu crescimento e desenvolvimento, seja capaz de criar riqueza, sem comprometer o bem-estar dos seus colaboradores nem a qualidade do ambiente de que as gerações vindouras irão usufruir.

Neste sentido, o Desenvolvimento Sustentável assenta em três pilares interdependentes — desenvolvimento económico, desenvolvimento social e protecção ambiental. A preocupação com um desempenho organizacional, tendo por base os pilares do desenvolvimentos sustentável, encontra-se actualmente presente em qualquer organização dos três sectores: sector público, mercado e terceiro sector.

No contexto português, um grande número de organizações já se encontra sensibilizado para a importância do Desenvolvimento Sustentável, estando declaradamente a trabalhar no sentido de melhorar o seu desempenho ambiental e social. A demonstrá-lo estão as crescentes produções de relatórios de sustentabilidade que divulgam as boas práticas de gestão levadas a cabo por essas organizações.

A associação sem fins lucrativos - BCSD Portugal – Business Council for Sustentability Development – criada em 2001 com o objectivo de transpor para o mercado nacional português os princípios orientadores da organização líder mundial na abordagem empresarial das temáticas do desenvolvimento sustentável, a WBCSD - World Business Council for Sustainable Development, tem também contribuído para a promoção da responsabilidade social, económica e ambiental nas organizações portuguesas, denotando-se que estas começam a encarar a sustentabilidade empresarial como uma vantagem competitiva no seio de uma sociedade cada vez mais informada e exigente.

Vanda Lima é professora da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras. Licenciada em Economia, Mestre em Gestão e Doutoranda em Ciências Empresariais na Universidade do Minho.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.