2007-09-10

Crónica do seminário
Por Vasco Eiriz

Já na parte final da apresentação de "Redes do conhecimento: estudo de um caso sobre a relação universidade-empresa" acentuou-se na minha mente a ideia de que a comunicação não tinha sido bem sucedida e que provavelmente não estava a conseguir transmitir o essencial da sua mensagem. Julgo que isto aconteceu devido a dois motivos. O primeiro porque sendo a última comunicação do seminário, estava já algo cansado. Em circunstâncias normais, àquela hora não haveria motivos para cansaço, mas eu estava cansado, vá-se lá saber porquê. Talvez porque tenha investido muita energia na atenção colocada às restantes sete comunicações, todas elas muito boas, por sinal. O segundo motivo preocupou-me algo mais pois fiquei com a sensação de ter caído na tentação de pretender encaixar na comunicação tudo aquilo que o artigo analisa. Ora, quando assim é, o tempo resvala e a mensagem empobrece porque acabamos sem destacar um ou outro aspecto que, em detrimento da apresentação extensiva do artigo, deveria merecer maior aprofundamento.

Tratando-se dum seminário de investigação orientado fundamentalmente para um público ainda em formação, não duvido que os aspectos metodológicos deveriam ter sido ainda mais aprofundados. Não que não tivesse essa consciência desde o início e não tenha feito um esforço nesse sentido, mas, mesmo assim, constato agora, dispersei o esforço por todas as partes convencionais de um artigo: introdução e enquadramento; revisão da literatura; método; resultados; conclusão. Naquele contexto, teria valido a pena que a aposta fosse ainda mais incisiva nas questões metodológicas, em particular na discussão das múltiplas unidades de análise que empreguei na rede estudada, bem assim como na técnica de recolha e interpretação dos dados.

É precisamente aí que o artigo – acabadinho de sair na brasileira Revista de Administração Contemporânea Electrônica (não, não é erro de português, é mesmo "electrônica") – oferece maior originalidade. Uma originalidade que resulta em parte da génese atípica do artigo. Um artigo que retrata uma rede de conhecimento entre universidade e empresa gerada e gerida no contexto inédito dum curso de graduação de que fui responsável.

"Crónica do seminário" é um registo pessoal e subjectivo de alguns participantes no Seminário de Investigação sobre Dinâmica Empresarial realizado na Universidade do Minho em 6 de Agosto de 2007. Vasco Eiriz, co-organizador do seminário e professor de gestão naquela universidade, apresentou a comunicação intitulada "Redes do conhecimento: estudo de um caso sobre a relação universidade-empresa". Leia a próxima crónica dentro de dias.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.