2008-10-24

A (des)regulação

A propósito da (des)regulação em que vivemos, Nuno Garoupa escreve um artigo intitulado "A mentira dos mercados desregulados" e, entre outras conclusões interessantes observa que nunca vivemos num Estado tão regulado como no presente e nota o seguinte: «[...]. Na última década, a forte regulação exercida pelo Estado foi capturada por interesses privados bem conhecidos. Entre os favores políticos e sem a atenção aos óbvios conflitos de interesse, o poder político permitiu aos grandes interesses económicos utilizar a regulação pública para aumentar os lucros privados. Foram ignoradas as externalidades sociais para favorecer, de forma sustentada, os grandes interesses económicos. Fala-se de economia de mercado, mas isso é uma grosseria técnica. Temos, sim, uma economia de oligopólios dominantes regulada por favores políticos. No caso português, uma versão modernizada e em grande escala do Estado corporativo. [...]» (Jornal de Negócios, 23 de Outubro de 2008)

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.