2008-10-21

Menos do que o sêlo da convocatória

Tinhamos contas à moda do Porto. Agora temos contas à moda de Braga (com intermediação legislativa): «Uma utente do Centro de Saúde de Braga, queixa-se de ter recebido uma convocatória para comparacer na Unidade de Saúde do Carandá, a fim de levantar um reembolso de 32 cêntimos, respeitante a uma despesa de acção médica de 50 euros. [...] Contactada pelo Diário do Minho, a directora do Centro de Saúde de Braga, Maria Helena Albuquerque esclareceu que os "reembolsos são estabelecidos de acordo com tabelas legais em vigor, tratando-se de taxas normalizadas por lei". [...]» (Diário do Minho, 21 de Outubro de 2008).

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.