2008-11-14

Da próxima vez desconfie

Este é um exemplo ilustrativo da forma como o Governo publicita e dá seguimento a medidas de política pública: «A Pirites Alentejanas, que explora as minas de Aljustrel, parou ontem a produção e dá hoje início a um processo de rescisões de contratos, com 800 trabalhadores, ficando na empresa para manutenção das instalações apenas 50 trabalhadores. [...] Em causa está o facto da Pirites Alentejanas ter retomado a produção a 19 de Maio deste ano, pondo fim a um fecho que durou 14 anos. A retoma foi comemorada com a presença de José Sócrates, que na ocasião afirmou que a reactivação da mina de Aljustrel "ia criar investimento, postos de trabalho e contribuir para aumentar as exportações". O Governo assinou em 2006, um contrato de investimento com o grupo, que previa investir 130 milhões. Fonte da Lundin adiantou que a empresa não recebeu nem vai receber nenhuma verba, face à suspensão. [...]» (Diário de Notícias, 14 de Novembro de 2008).

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.