2008-12-23

Nomeação definitiva

Peter Lorange, ex-presidente do prestigiado IMD escreveu no Financial Times um artigo em que defende o fim da nomeação definitiva para os professores das escolas de negócios. No seu entendimento, a procura da nomeação definitiva incentiva os professores a trabalhar de forma isolada e excessivamente focalizada, procurando obter publicações académicas sem co-autoria, afim de obterem a nomeação definitiva. Ora, segundo ele, este comportamento é nocivo para escolas de negócio que requerem cada vez mais equipas transdisciplinares de professores para lidar com os problemas que se colocam nos dias de hoje. Além disso, diz ele, o processo de avaliação pelos pares dos candidatos à nomeação definitiva é "subjectivo, e profundamente político". De acordo com o The Economist, o IMD é precisamente uma escola que não atribui nomeações definitivas, embora a crescente escassez de professores de gestão incentive, cada vez mais, a sua nomeação definitiva ao ponto de muitas transferências entre escolas se realizarem somente quando a nova escola oferece a nomeação definitiva a um professor que já a tenha.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.