2009-02-21

Proposta duma lista diferente

Em plena campanha para as eleições do Conselho Geral da Universidade do Minho (UM), a lista que integro voltou a explicitar uma das suas propostas: «Eleger um novo reitor, sem estar à espera que o actual cumpra até ao fim o seu mandato. A UM não pode perder mais tempo para iniciar um novo ciclo. Do actual Reitor, que não se pode recandidatar nem reúne, aparentemente, apoios das listas candidatas ao Conselho Geral, só poderemos esperar que resolva o problema financeiro para pagar o salário ao fim de cada mês a professores e funcionários. Ora, isso é muito pouco e, dadas as actuais relações existentes com a tutela, nem isso estará totalmente garantido.» Propostas destas são inequívocas e apontam claramente para uma mudança na liderança da organização, traduzida em actos e não em palavreado incosequente. Exigir-se-ía, por isso, que as duas outras listas candidatas tornassem claro o seu pensamento sobre a continuidade do reitor: acham elas que o reitor deve terminar o mandato ou deverá iniciar-se um novo ciclo? Atendendo a que a eleição do reitor é a principal competência do conselho geral, os candidato não deveriam esperar pelos resultados para se pronunciarem.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.