2009-12-04

Universidades portuguesas são ineficientes

Ainda assim, assumindo o pressuposto de que a ineficiência não é algo equitativamente distribuido, eu gostava de conhecer a distribuição dessa ineficiência por cada uma das universidades. «Portugal tem das universidades menos eficientes da União Europeia. Um estudo conduzido por investigadores portugueses concluiu que o cenário será hoje melhor, mas que em 2005 os recursos estavam mal aproveitados, havia pouca produção científica e alunos com maus resultados. [...] as razões para esta má nota do ensino superior português deve-se sobretudo à pouca produção científica dos académicos nacionais (menos publicações e menos citações do que a média europeia) e poucos estudantes a acabar o curso. Os alunos portugueses demoram muito tempo a acabar o curso e tendem a abandonar mais vezes a universidade.» (TSF, 4 de Dezembro de 2009).

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.