2010-01-11

Diário de Bordo (10)

Os carros também têm frio. E arrefecem-nos a carteira. Pelo menos é isso que se pode depreender depois de um fim-de-semana gelado como este que começou no sábado. Após o almoço com uma estranha luz que se acendeu no Ford a informar: "função EPB limitada". Pensei que fosse um simples sinal de bateria fraca que seria rapidamente restabelecida com o carro em andamento. Ontem o sinal persistiu, e gerou-se uma "epidemia electrónica", o que levou mais uma ou outra luz a acender-se. O carro arrancou mas foi-se abaixo. E quando assim é, o melhor é deixa-lo repousar por mais um dia. Hoje de manhã voltou a arrancar mas rapidamente deu sinais de doença agravada, agora com a luz do ABS a dar também um ar da sua graça. E, mais grave, ficou sem direcção assistida. Ainda assim consigo estacionar numa descida, a precaver algum empurrão que se afigure necessário. Contactada a oficina, os sintomas apontavam para o alternador. E se assim foi diagnosticado, melhor foi rectificado depois de recorrer à assistência em viagem "top" da OK Teleseguro que respondeu rápida e profissionalmente. E lá foi a monovolume a reboque duma Mitsubishi. E tudo parece ter acabado bem com um novo alternador. Duzentos e quarenta e seis euros, e quarenta e quatro cêntimos depois. Agora, se os carros não têm frio, que nos fazem gelar a carteira, lá isso fazem.


Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.