2010-01-13

Eu faria um franchising

«João Paulo Vaz é padre, motard, cantor/compositor, escuteiro, capelão hospitalar e responsável por quatro paróquias em Coimbra. Já vendeu mais de dez mil discos e deu quase uma centena de concertos. Usa a música para atrair mais fiéis à Igreja.

Se há expressão que define João Paulo Vaz, de 39 anos, é a de "homem dos sete ofícios". Padre há 14 anos, é também cantor, guitarrista, letrista, compositor musical - acaba de editar o seu quarto CD de originais -, motard, capelão do Hospital Rovisco Pais (Tocha, Cantanhede), dirigente regional de escuteiros, responsável por quatro paróquias e secretário diocesano da Pastoral Juvenil de Coimbra.

"Sou um padre moderno, mas com princípios tradicionais. Não gosto do velho conceito de 'senhor prior'. Cultivo uma relação informal com os paroquianos, mais 'tu cá, tu lá', mas sempre num quadro de respeito mútuo. Se for preciso vou beber uns copos, à noite, a um bar, com os jovens, consciente de que isso joga a favor da Igreja, porque na missa seguinte eles estão lá comigo, a cantar, a rezar", afirma João Paulo Vaz. [...] (Jornal de Notícias, 13 de Janeiro de 2010)»

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.