2010-01-14

Parque das Caldas

Uma alma nova
Por Filipe Dias

Muita expectativa para a última Assembleia Municipal de Monção em 2009, visto ter havido uma renovação nos eleitos locais e, principalmente, no Grupo Municipal do PSD. Além disso, tratava-se da reunião para votar o Orçamento e o Plano Plurianual de Investimentos para 2010. No entanto, outros aspectos sobressaíram e passaram para segundo plano os assuntos da Assembleia.

De salientar o “regime da rolha” interposto aos Presidentes das Juntas de Freguesia, que, assim, entraram mudos e saíram calados (principalmente os do PS). Até parece que tudo está “às mil maravilhas” nas suas freguesias e que não têm necessidades a satisfazer nos seus fregueses.

Outro aspecto, é a falta de respostas claras e objectivas do Presidente do executivo Camarário a perguntas concretas. Só se ouviu por parte do executivo divagações e mais divagações, tentando sempre fugir à focalização do ponto fulcral da questão. Creio que é uma forma de fugir às reais carências do executivo e às lacunas dos elementos do executivo.

Contudo, o centro das atenções não foi outro que o Presidente da Assembleia Municipal em exercício e a sua ânsia de poder. Um claro desejo de protagonismo e bajulação, que não o deixou presidir à sessão com a honradez e dignidade que o cargo requer. Não sabendo interpretar a Lei n.º 24/84, que preconiza no artigo 1.º o direito de oposição (“É assegurado às minorias o direito de constituir e exercer uma oposição democrática ao Governo e aos órgãos executivos das Regiões Autónomas e das autarquias locais de natureza representativa, nos termos da Constituição e da lei.”). Demonstrando, também, um desconhecimento real do Regimento da Assembleia Municipal de Monção e da lei em geral.

No entanto, e no meio de tanta “asneira”, há a destacar a alma nova que o Grupo Municipal do PSD trouxe à Assembleia Municipal de Monção, demonstrando que ainda existe oposição em Monção, e que pode ser bastante construtiva e incomodativa para o poder instalado. Um valor que fica patente na vitória conquistada ao manter os seus dois deputados na assembleia da Comunidade Intermunicipal do Minho-Lima. Monção ganhou Alma Nova e Nova Alma na forma de fazer oposição.

Filipe Dias é Deputado Municipal em Monção. Parque das Caldas é uma coluna sobre temas locais.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.