2013-06-01

Dernière Volonté



Ser vítima de si próprio. Pensamento que se entranha na mente e aí se instala. Funciona como ato de expiação e contrição sobre coisas que atormentam.



Um tal pensamento - ou, talvez mais rigorosamente, aquilo que o provoca - não arreda pé e induz uma estranha forma de sofrimento. Faz carregar um fardo pesado.



Ser vítima de si próprio é assim mesmo. Não há lugar a masoquismo, mas a dor funciona como um prémio de consolação.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.