2013-06-24

Misantropia

Entre os comentários a este vídeo há um que chama especial atenção: «One of my all time favorite albums. I played this to...death!». E assim foi. O álbum - ainda em vinil - foi justamente vangloriado numa das recensões que então se faziam para fanzines, também eles obscuros e provocadores, impressos a preto e branco e, em tempos sem internet, despachados por correio sob a forma de arte postal personalizada.



Na realidade, as sugestões do YouTube faz-nos cruzar novamente com o misantropismo tradicionalista de Against the Modern World, álbum de Sol Invictus, através de Long Live Death, uma das faixas mais pujantes da banda. Um achado. O equivalente ao ressuscitar de um hino em registo dark-folk-pop.



Em tempos de YouTube e outros quejandos parece um paradoxo dar novamente ouvidos a misantropias. Ou talvez não, como, por estes dias, o demonstra as síncopes de Lebanon Hanover, também recentemente descobertos e oportunamente auto-intitulados portadores de um "novo misantropismo".

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.