2013-10-02

Depois dos swaps ... os MiniFutures

Chega mensagem electrónica que entusiasma o mais sofisticado dos investidores. Pelo nome - MiniFutures - inicialmente parece tratar-se duma nova boys band. Mas não é nada disso. Confira por si e veja se não é pelo menos tão tonificante quanto um swap:
«Venha conhecer a primeira admissão de MiniFutures na Euronext Lisbon. Os MiniFutures do Commerzbank são Produtos Financeiros Complexos com as seguintes características: Alavancagem como os Turbo Warrants; Long e Short que permitem participar tanto na subida como na queda do subjacente; Ilimitados (sem data de vencimento); Sem impacto de volatilidade implícita (A variabilidade do subjacente terá um impacto directo e absoluto no valor do MiniFuture e no retorno para o investidor, sem que esse valor seja afectado pela volatilidade implícita); Com Stop Loss integrado (A barreira Stop Loss estabelece o nível onde haverá um vencimento antecipado e impede a acumulação de perdas para além do capital investido pelo investidor).»
Garantidamente, a parte que mais agrada é o facto destes MiniFutures terem alavancagem turbo (essencial nos dias de hoje), podendo ser long ou short (o que obviamente dá para as subidas e para as descidas, e aguenta o irrequieto "subjacente"). E, claro, possui integrado o cada vez mais insubstituível stop loss. É caso para dizer que nem um Ferrari vem tão bem equipado e que estes Futures não têm nada de Mini. Vão sair como o tremoço.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.