2014-09-19

Coisas chatas da pedagogia

Coisas chatas da pedagogia que se escrevem nos relatórios:

«[...] Haveria vantagem em que os sistemas de informação da universidade garantissem que os SDUM (n.r. Serviços de Documentação da Universidade do Minho) possuam os manuais escolares mais actuais (últimas edições) conforme recomendação na bibliografia obrigatória da unidade curricular. Desde logo porque envolve aquisições em escala que devem ser profissionalizadas, este procedimento deveria ser centralizado nos SDUM. Em síntese, uma política de garantia da qualidade do ensino/aprendizagem requereria a formalização de procedimentos eficazes de aquisição atempada de bibliografia.[...]»

«[...] Os resultados de aprendizagem alcançados pelos estudantes - aferidos pelas suas classificações - são adequados nos estudantes que se submeteram a avaliação. Existe, contudo, um número importante de estudantes inscritos que nunca compareceram a aula nem tão pouco se submeteram a avaliação. Este facto indicia existirem "estudantes fantasma" que se inscreveram indevidamente e não levaram avante os seus estudos por motivos que importa apurar. Afim de minimizar candidaturas espontâneas e inscrições inconsequentes, sugere-se a aplicação de taxas de candidatura superiores (podendo ser descontadas no momento do pagamento da propina) e cobrança de propinas (total ou parcial) no momento da inscrição.[...]»

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.