2007-01-31

Comissão ataca comissões

"Bruxelas identificou “problemas significativos de concorrência” no mercado dos cartões de crédito e débito, esta é uma das conclusões do relatório final sobre o sector.«A Comissão Europeia não hesitará em tomar as medidas que lhe competem para assegurar o respeito das regras de concorrência», refere a entidade num comunicado, a que a Agência Lusa teve acesso. Baseando-se no resultado do relatório, a Comissão Europeia poderá «lançar investigações» para acabar com estas práticas de abuso. O estudo conclui que Portugal é um dos Estados-membros com os preços de comissões interbancárias e taxas cobradas aos comerciantes mais elevadas no sector dos cartões de crédito. Em 2004, as comissões interbancárias aplicadas aos cartões de crédito das redes Visa e MasterCard em Portugal eram «mais do dobro» das cobradas na Eslováquia, assim como as taxas cobradas pela Unicer aos comerciantes é «mais de três vezes» mais do que o aplicado na Finlândia e Itália. A Unicre, associação que gere o fornecimento de cartões de pagamento, reagiu ao relatório, considerando-o desactualizado, porque a realidade mudou nos últimos quatro anos. Desde então, “as taxas baixaram cerca de 30%, e mais de 45%”. Assim como, desde meados de 2006, a entidade gestora passou a ter uma rede concorrente nas marcas internacionais (NetPay)."

Hipersuper, 31 de Janeiro de 2007

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.