2007-04-30

"Fruto de uma co-produção do Theatro Circo e da bracarense “Imetua - Cooperativa Cultural”, a estreia do espectáculo “Maldoror” assinala, a 11 e 12 de Maio (21h30), o regresso à sala que várias vezes vibrou com a sua música dos inconfundíveis e carismáticos “Mão Morta”. Estruturado a partir d’“Os Cantos de Maldoror”, obra-prima literária de Isidore Ducasse, o mais recente projecto da banda bracarense consuma-se num espectáculo singular em que a música brinca com o teatro, o video e a declamação. Com Adolfo Luxúria Canibal na voz, Miguel Pedro na electrónica e bateria, António Rafael nos teclados e guitarra, Sapo na guitarra, Vasco Vaz na guitarra e teclados e Joana Longobardi no baixo e contrabaixo, os “Mão Morta” dão voz às “vozes” do herói Maldoror e do narrador Lautréamont, algumas imagens privilegiadas das muitas que povoam o livro, sem necessidade de um epílogo ou de uma linearidade narrativa, ao ritmo da fantasia infantil – o palco é o quarto de brinquedos, o espaço onde a criança brinca, onde cria e encarna personagens e histórias dando livre curso à imaginação. O espectáculo é constituído pelo conjunto desses quadros/ excertos que se sucedem como canções, mas encadeados uns nos outros, recorrendo à manipulação, video e representação."

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.