2007-09-26

Redes de conhecimento: estudo de um caso sobre a relação universidade-empresa
Vasco Eiriz
Revista de Administração Contemporânea Electrônica, 1(2): 172-186, 2007


A capacidade da universidade e empresa estabelecerem relações duradouras e mutuamente benéficas é um dos desafios que se colocam numa sociedade cada vez mais baseada no conhecimento. Este artigo identifica três níveis de análise da relação universidade-empresa: nível supra-institucional; nível estratégico; e nível operacional. Para um desses níveis discute a forma como num projecto de ensino de graduação em gestão é possível estabelecer diferentes formas de relacionamento entre a universidade e a empresa baseadas no ensino/aprendizagem. Para uma dessas acções – a realização dum estágio curricular por parte dos alunos – analisa o caso da Licenciatura em Gestão da Universidade do Minho (Portugal) e mostra como, num primeiro momento, esse estágio era limitador da relação e, num segundo momento, após uma reestruturação curricular, esse estágio passou a fomentar a relação universidade-empresa. No caso estudado, a relação universidade-empresa é sustentada numa rede de criação e partilha de conhecimento baseada na interdependência entre as partes e na reciprocidade de custos e benefícios. Nesta rede de conhecimento, o estágio é um instrumento que promove o relacionamento e o aluno é o actor central da rede. Esta rede gera benefícios individuais para as pessoas envolvidas e benefícios organizacionais para a universidade e para a empresa.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.