2007-12-07

Stars of the Lid

«"And Their Refinement of the Decline" é o trabalho que a dupla Stars of the Lid traz ao Theatro Circo a 8 de Dezembro (23h59), num concerto integrado na primeira digressão europeia que realizam após um período de seis anos. Acompanhado por um quarteto de cordas, o projecto de Brian McBride e Adam Wiltzie, que na circunstância leva a música clássica ao pequeno auditório para a matizar com tons de contemporaneidade, recorre ainda à projecção, para criar o cenário indispensável à apresentação daquela que é já considerada a obra-prima desta formação. Empregando meios como secções de cordas e de sopro, fontes electrónicas e alguma instrumentação eléctrica, os músicos texanos, que em 2001 arrebataram a crítica com o lançamento de “The Tired Sounds of Stars of the Lid”, criam um som que, partindo do espectro harmónico da música, encarna uma liberdade formal do ponto de vista da estruturação e da fruição. Representantes contemporâneos de uma escola que abrange nomes como Gavin Bryars, Gorecki, Ennio Morricone ou Brian Eno, os “Stars of the Lid” caracterizam-se, desde o seu aparecimento no início dos anos 90, pelo percurso musical que, tendo começado por demonstrar influências maioritariamente “rock”, se desenvolveu nas sonoridades tendencialmente clássicas que envolvem os sons ambiente compostos por efeitos de guitarras, piano, cordas e instrumentos de sopro. Com nove trabalhos editados e inúmeras colaborações em projectos paralelos, os Stars of the Lid trabalham dinâmicas sem recorrer a instrumentação mais ligada à produção de ritmo, criando, desta forma, uma sonoridade que lhes garantiu um espaço autónomo no amorfo universo da música clássica ambiental. Parte fulcral de um grupo de bandas que reinventou as coordenadas das músicas abstractas, designadamente “Windy & Carl”, “Magnog”, “Philosopher’s Stone” ou “Labradford”, “Stars of the Lid” conseguiram contrariar a tendência que ditou o fim do percurso ou o retrocesso qualitativo dos seus companheiros estilísticos e impuseram um percurso evolutivo que lhes garantiu o reconhecimento como inventores de «um novo espaço estético» e «reis da música abstracta fundada na orquestração da harmonia e da melodia. Os ingressos para este espectáculo, a 8 euros, podem ser adquiridos nas bilheteiras do Theatro Circo.»

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.