2008-04-16

Expansão do negócio

«Neste momento, o crime compensa». Advinhe o leitor quem disse isto; um junkie de um decrépito bairro da periferia? O campeão Pidá? Terá sido um árbitro de apito dourado? O adolescente do carjacking? Ou o criminoso de colarinho branco fiscalmente atrasado? Não, nada disso. Foi mesmo um dos responsáveis máximos da PSP. Ficou pois a saber-se que há neste sector novas oportunidades de negócio, profusamente facilitadas por legislação penal do tipo "empresa na hora", neste caso mais correctamente "solto na hora". Só falta os planos de negócio serem financiados pelo QREN.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.