2008-06-14

A competitividade de Portugal

Numa das intervenções ocorridas esta semana no encontro da rede de cooperação para o fomento da investigação e desenvolvimento em empreendedorismo no ensino superior, João Leitão, co-autor da coluna Connectis deste blogue, efectuou uma breve apresentação do livro "Dimensões Competitivas de Portugal: Contributos dos Territórios, Sectores, Empresas e Logística" de que é co-autor em conjunto com João José Matos Ferreira e Susana Garrido Azevedo (Centro Atlântico, 2008). Vale a pena remeter o leitor para o artigo de João Leitão na coluna Connectis intitulado "Guia para um Portugal competitivo" e lembrar as palavras introdutórias da obra:

«Na preparação de planos estratégicos de desenvolvimento articulados com os programas operacionais do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), para o período 2007 – 2013, há a necessidade latente de definir um posicionamento estratégico que rompa com as opções estruturais do passado, baseadas no cimento, no saneamento e, sobretudo, num pensamento taciturno arreigado à posição periférica atribuída, por alguns analistas, à porta de entrada na Europa Ocidental: Portugal. A presente obra constitui certamente uma referência para todos os leitores que se interessam, verdadeiramente, em contribuir numa base diária para que Portugal se posicione, de forma diferenciada, atendendo a necessidades já diagnosticadas ao nível da competitividade territorial, sectorial e empresarial. A estrutura desta obra centra-se na avaliação da competitividade, através da reunião e conjunção de três dimensões de análise: a territorial, a sectorial e a empresarial. A utilização conjunta destas dimensões permite apresentar contributos numa lógica de competitividade sustentável para a definição de um novo posicionamento estratégico de Portugal. Os leitores poderão, ainda, analisar diversos casos e experiências em territórios e sectores produtivos, nos quais a logística e a inovação são áreas estratégicas para a mudança do mapa de acessibilidades e do perfil produtivo e tecnológico de Portugal.»

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.