2010-12-16

Redes industriais de fornecimento no sector automóvel

Amanhã mesmo, pelas 14:30, na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, decorrerá a prova de mestrado de José Carreiras que apresenta a dissertação intitulada "Redes Industriais de Fornecimento no Sector Automóvel - Estudo de uma Rede de Fornecedores da Delphi Grundig". Que se resume:

«Esta dissertação aborda as redes industriais na perspectiva da sua dinâmica temporal, área de estudo em que o corpo teórico estabelecido é relativamente escasso. Incide sobre o estudo dos factores que determinam a evolução das redes ao longo do tempo. Utiliza o método de estudo de caso sobre uma rede cliente-fornecedores no sector de componentes automóvel, uma vez que este sector se presta a intrincadas redes de relações, sendo por isso um excelente campo para o estudo das redes industriais. Conclui que existe uma certa estabilidade nas redes industriais, mas há factores que determinam a sua evolução, por motivos internos a essa rede e também por factores ambientais, alguns ligados entre si e outros independentes. Adicionalmente, as eras de estabilidade ambiental favorecem a evolução incremental da rede e as eras de maior turbulência favorecem alterações radicais. Por outro lado, apesar de sabermos que existem eventos que reforçam a estrutura da rede e outros que fragilizam essa estrutura, frequentemente a complexidade, ou mesmo impossibilidade de prever as consequências desses eventos não nos permite antecipar essas consequências. Apesar disso, a empresa deve fazer em permanência uma avaliação do contexto, do ambiente e da sua posição na rede de forma a adaptar a sua estratégia.»

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.