2014-08-05

A Alma dos Ricos (10)


«Nunca deixaria Portugal, por muitas revoluções que houvesse, por muitos motins operários e barragens nas estradas, e inspecções fiscais, e tudo, porque em Portugal se faziam os melhores doces do mundo, puro ovo e amêndoa em proporções ideais e que tinham nomes fantásticos como Papos de Anjo e Barrigas de Freira, nessa picante nota herege que ia tão bem com o pecado da gula, e outros.» [2-253]

A Alma dos Ricos, trilogia de Augustina Bessa-Luis.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.