2016-06-30

Dissertação de mestrado

Girl Reclining, Elmer Bischoff (1916-1991)

***

Transferência de Tecnologia para Spin-offs Universitárias - Estudo de Casos
Liliana Lima Lousinha Alves
2010

«A presente dissertação tem como tema de investigação a transferência de tecnologia sob a forma de patente para spin-offs universitárias. As singularidades desta transferência, relacionadas com o facto de o conhecimento ser gerado em âmbito académico, tornam este tema com interesse de investigação. Perceber quais as funções que os organismos universitários de apoio à transferência de tecnologia e empreendedorismo desempenham no processo; compreender as etapas do processo de transferência da tecnologia para spin-offs; identificar mecanismos de ligação à organização mãe; perceber o papel do financiamento universitário e externo no processo de transferência; identificar espaços de incubação da spinoff e compreender a sua posição em relação à incubação universitária são os objectivos desta investigação. Para alcançar os objectivos foram estudados quatro casos de transferência de patentes para spin-offs, pertencendo dois à Universidade do Minho e outros dois à Universidade do Porto. Como método fundamental de recolha de dados foram realizadas entrevistas aos organismos universitários de apoio à transferência de tecnologia e empreendedorismo, assim como a quatro académicos envolvidos na transferência de tecnologia para uma spin-off universitária. Dos dados obtidos concluiu-se que os organismos universitários de apoio das duas universidades estão mais presentes numa fase inicial do processo, diminuindo essa presença após a transferência da patente via licenciamento exclusivo para a spin-off. A partir daí a universidade encontra-se mais presente na spin-off através da marca universitária, importante na construção da rede de contactos. Dois dos casos tiveram financiamento de um grupo privado e outros dois financiamento de capital de risco. O financiamento mostrou-se importante para o desenvolvimento do produto, construção de instalações próprias e comercialização do produto. As divergências de conhecimentos e de opiniões entre financiador e académico, o “time-to-market” de tecnologias muito inovadoras, os custos associados à inovação, a conquista de credibilidade no mercado, a regulamentação da tecnologia e a crise financeira foram as principais dificuldades do processo referidas.»

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.