2007-10-15

Crónica do seminário
Por Natália Barbosa

A participação no Seminário de Investigação sobre Dinâmica Empresarial realizado no passado dia 6 de Agosto na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho revelou-se bastante interessante. O programa atempadamente divulgado denunciava diversidade suficiente para tornar o evento atractivo mas também arriscado em termos de satisfação de todos os participantes. A diversidade era evidente nos tópicos dos trabalhos em apresentação e discussão mas, principalmente, na experiência em actividades de investigação que os participantes detinham.

Os trabalhos em discussão tinham, no entanto, uma característica comum, a qual conferiu homogeneidade ao seminário. Apesar da diversidade de tópicos em discussão todos os trabalhos elegeram como unidade de análise e observação a empresa ou as relações que esta estabelece com outras empresas ou organizações. Por essa mesma razão a designação escolhida para o seminário – Seminário de Investigação em Dinâmica Empresarial - não defraudou as expectativas. Assim, foi possível discutir questões relativas à escolha e desempenho de canais de distribuição, ao uso de marketing relacional, ao estabelecimento de alianças estratégias no sector da construção civil como forma de implementar estratégias de internacionalização, à importância da localização geográfica na dinâmica empresarial bem como das relações entre empresas ou organizações como forma de aceder a conhecimento e/ou obter ganhos de desempenho. A diversidade de tópicos mostrou-se também condição essencial para a concretização de um dos objectivos do seminário. A partilha de experiências, dificuldades e oportunidades de investigação foi assim mais enriquecedora do que se se tivesse optado por restringir os tópicos dos trabalhos em discussão.

A prévia experiência em actividades de investigação foi talvez a característica que mais distinguiu os participantes no seminário. Na verdade, o seminário acolheu e integrou investigadores que estão a dar os primeiros passos em actividades de investigação, quer no âmbito da conclusão dos seus cursos de graduação quer no âmbito de cursos de pós-graduação, bem como investigadores que desenvolvem actividades de investigação de forma continuadas há já alguns anos. Apesar da diversidade de percursos foi possível centrar a discussão num aspecto central a qualquer trabalho de investigação. Ou seja, a definição clara e objectiva das questões de investigação e a subsequente escolha da metodologia mais adequada para obter respostas válidas a essas questões. Assim, do meu ponto de vista, o contributo mais relevante do seminário foi o de estimular todos os participantes a avaliar a objectivada e clareza das questões de investigações identificadas em cada trabalho apresentado e equacionar a adequação os métodos e técnicas de análise usadas ou a serem usadas. Mesmo no caso dos investigadores com mais experiência em actividades de investigação esta foi certamente uma boa oportunidade para reforçar a importância do binómio questão-método de investigação e para não esquecer que todos os métodos de investigação são possíveis de ser aplicados dependendo apenas a sua escolha da questão de investigação em análise.

"Crónica do seminário" é um registo pessoal e subjectivo de alguns participantes no Seminário de Investigação sobre Dinâmica Empresarial realizado na Universidade do Minho em 6 de Agosto de 2007. Natália Barbosa, co-organizadora do seminário e professora do Departamento de Economia naquela universidade, apresentou a comunicação intitulada "Corporate growth and size accross Portuguese regions".

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.