2014-05-15

Gente que marca

Há coisas que de tão importantes que são nem sempre são ditas. Muitas vezes porque não sabemos a melhor forma de o dizer.



Este intróito serve para justificar algumas semanas de atraso à referência sobre a submissão de quatro dissertações do Mestrado em Marketing e Estratégia da Universidade do Minho que orientei ao longo dos últimos 12 meses (formalmente não mais do que oito meses a adicionar a quatro outros de preparação).



E porque é isto assim tão importante? Precisamente porque, no seu conjunto, estas quatro dissertações representam em quantidade e qualidade média uma das melhores colheitas - senão mesmo a melhor - de muitos anos dedicados ao ofício. Isto é gente que marca de tal forma que até apetece dizer um pecado. Fica a seguir registado algo mais do que uma lista (os resumos e textos integrais serão oportunamente disponibilizados na área de Investigação e ensino desta página), ordenada pelo primeiro nome das autoras e do autor:
  • Desenvolvimento de Marcas Coletivas Internacionais no Sector do Calçado, Catarina Rosária Pinheiro Carvalho
  • Estratégia e Cultura nos Três Maiores Clubes de Futebol Portugueses, Frederico Emanuel Teixeira Portocarrero Baganha Cardoso
  • Estratégia e Relacionamento em Canais de Distribuição de Vinhos, Helena Maria Pereira da Silva Malheiro
  • Análise da Carteira de Relacionamentos com Clientes – Estudo Quantitativo numa Empresa Prestadora de Serviços, Raquel Vale e Vasconcelos Gama Reis

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.