2016-12-20

Pesquisas em curso

Há precisamente um ano, em dezembro de 2015, tive os primeiros contatos, naquela altura ainda de natureza exploratória, para ponderar, planear e preparar novas pesquisas a iniciar no ano letivo 2016-2017. Desde então, durante meses, esses contactos aprofundaram-se, realizaram-se diversas reuniões de trabalho, efectuaram-se pesquisas preliminares, e foram preparados documentos exploratórios.

Na maior parte dos casos foi um trabalho consequente, com continuidade e persistência que teve como primeiro resultado a submissão formal de projectos de pesquisa devidamente estruturados, com sentido e interesse. Mais realisticamente, esses projetos são um meio, não um fim em si mesmo. Contudo, para todos os efeitos, a própria submissão e aprovação destes projetos na universidade, institucionalizando desta forma a sua elaboração, pode também ser considerado um resultado, ainda que intermédio.



A lista que se segue identifica esses projetos de pesquisa. Trata-se duma lista de projectos validados na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho e nos quais me encontro actualmente envolvido como orientador.
  • A Aplicação de Estratégias e Instrumentos de Marketing em Restaurantes (com Bruno Miguel Barbosa Sousa e José Francisco Barroso de Araújo)
  • Value Co-Creation and Sharing Systems in Marketing (com Pedro Poças Reis da Silva)
  • Competitividade e Diferenciação na Distribuição Retalhista de Vinho (com Sara Patrícia Ribeiro Novais)
  • Análise à População Empresarial em Portugal (com João Pedro Lopes Salgado)
  • Retro Marketing e Inovação Empresarial em Portugal (com Ana Patrícia Barbosa Vasconcelos Pinto)
  • Relationship and Cooperation Networks in Wine Tourism (com Tércia Sofia Mendes Freitas)
  • Estratégias de Negócio no Retalho de Vestuário de Moda – Estudo de Retalhistas Portugueses (com Andreia Filipa Azevedo Ferreira)
É uma lista diversificada que cai naturalmente no âmbito dos meus interesses de investigação nos domínios do marketing, estratégia e empreendedorismo.

Em termos sectoriais, o âmbito destas pesquisas cobre indústrias como o retalho, em diferentes categorias de produtos, e turismo, também em sectores diversificados como por exemplo hospedagem e restauração. Traduzem planos de pesquisa com diferentes horizontes temporais e que recorrem a métodos e técnicas de investigação também elas bem distintas entre si.

Nas próximas semanas far-lhes-ei certamente referência mais detalhada.

Instagrams

© Vasco Eiriz. Design by Fearne.